terça-feira, março 22, 2005

EXISTEM DROGAS LEVES E DROGAS PESADAS ?




Vi este texto numa página da net, e como foi uma das sugestões do Grinch, resolvi postá-lo aqui.
Espero agora comentários sobre este assunto.

Esta é uma questão que sempre causa discussões e, por isso, há mais de uma posição a respeito. Do ponto de vista da lei, não há diferença entre drogas leves e pesadas, mas apenas entre drogas legais e ilegais (ou lícitas e ilícitas). Fumar maconha ou injetar cocaína, por exemplo: as duas atitudes infringem igualmente a lei. Na prática, porém, o uso de maconha raramente chega a ter as mesmas conseqüências perigosas à saúde que o de cocaína.

Além disso, sabemos que os riscos relacionados ao consumo de drogas dependem mais da maneira e das circunstâncias em que elas são usadas do que do tipo de droga utilizado. Mesmo para os dependentes, os perigos dependem do grau de dependência e não da natureza da droga e de ela ser lícita ou ilícita. A morfina, substância legalizada, cujos efeitos são muito semelhantes aos da heroína, poderia ser considerada uma droga pesada, e, apesar disso, ela é receitada para pacientes com câncer, sem que necessariamente eles se tornem dependentes.

Na verdade, não deveríamos falar em drogas leves e pesadas, mas sim em uso leve e uso pesado de drogas. Com relação ao álcool, por exemplo, existem dependentes que nunca conseguem beber moderadamente; ao mesmo tempo, existem usuários ocasionais, que jamais se tornarão dependentes de álcool. Para os primeiros, o álcool é uma droga extremamente perigosa (droga pesada), enquanto para os últimos o álcool é um produto inofensivo (droga leve).

Sem assinatura

6 Comments:

Anonymous anasimplesmente said...

Sou contra qualquer tipo de droga.
Chamem-lhe o nome que lhe chamarem, é sempre droga.
Não deixo de ser contra, também, ao consumo excessivo de alcool.
Passo a explicar esta minha repulsa por drogas.
Eu sou uma ex viciada em tabaco.
Viciada e daquelas grandes.
Acordava de noite para fumar.
E aprendi que tudo o que vicia é muito dificil de ser largado.
E nunca se está satisfeito.
Quere-se sempre mais, e mais e mais.
Por esse motivo, começar nas dogras leves é um passo para passar para as outras.
E sabemos bem, onde leva a droga.
Sabemos bem onde onde ela termina.
Tenho um exemplo na familia, e muitos outros bem perto.
Agora estão a pensar, a lata desta, que fumou que nem um cavalo, e agora condenas os outros.
Mas, não, eu não condeno, só que acho não nos devemos meter em nada que nos vicie e nos torne dependentes, seja aquilo que for

3/22/2005  
Anonymous snakeben said...

Este é um daqueles temas cuja opinião depende muito do tipo de droga que se esteja a falar...Antes de mais, é necessario saber o que distingue uma droga leve de uma droga pesada, dado que pode ser muito subjectivo, mediante as tendências e vicios de cada um! Concordo, com o comentário da anasimplesmente, dado que droga é sempre droga, seja leve ou pesada...no entanto existe drogas para outros fins que não o vicio, e essas devem estar bem definidas relativamente a esses fins.

Snakeben

3/23/2005  
Anonymous formasdolhar said...

Conheço-me demasiadamente bem para alguma vez ter experimentado qualquer tipo de droga. Sou daquelas pessoas facilmente viciaveis. De qualquer maneira convém nunca confundir o uso de drogas por "prazer" e o uso de drogas com fins terapeuticos. São situações completamente diferentes. Com fins terapeuticos essas drogas "pesadas" ou derivados são usadas por quase todos nós numa situação ou outra.

3/23/2005  
Blogger mary said...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

3/23/2005  
Anonymous Anónimo said...

Que contente ficou The Grinch ao ver uma das suas sugestões aproveitada.
Claro que também tenho de marcar a minha posição quanto a este tema. Não creio que alguma vez me tenha viciado seja no que for, se bem que tenha bebido os meus copos a mais nos meus tempos áureos. Nunca fumei pois experimentei e não gostei. Não digo que não a uma passinha, sempre com muita cautela para não fazer figuras tristes. Assim, pergunto - deveriam o àlcool e o tabaco ser ilegalizados, já que são substâncias altamente viciantes? E sendo legais, porque não legalizar também o consumo de haxixe (a tal droga leve) que não é tão mau como isso? Certo que do hax se pode passar às outras (as pesadas?) mas também de uma cervejinha em dias de festa se pode passar a uma garrafa de vodca pela manhã. E de um macito de tabaco por dia se passa a um cancro de pulmão. Além de que o fumo do chamon não faz mal a ninguém e o fumo do tabaco faz mal a quem estiver perto de um fumador.
Por isso eu digo LEGALIZE MARIJUANA.

The Grinch

3/24/2005  
Anonymous Anónimo said...

Very cool design! Useful information. Go on! rhode island life insurance amateur london uk sluts Motorcycle peugeot Credit bureau 3+scores propecia online us corporations patents pain+relief+from+arthritis Numerical phone listing Unb basketball camps 2006 9 9 9 9 scanner virus pain relief upper back Hot sweaty blondes Cost for whitening teeth tenuate online http://www.ativan-and-withdrawal.info/Painrelief.html Appetite suppressant drug relief bach hip pain Tropical rainforest costa rica hotels

2/22/2007  

Enviar um comentário

<< Home